Entre os dias 12 e 14 de janeiro, foi realizada a Copa do Mundo de Aerials & Moguls em Deer Valley (Estados Unidos). O Brasil foi representado na competição pela atleta Sabrina Cass, principal nome do país na modalidade Moguls.

As provas de Moguls na Copa do Mundo foram realizadas nos dias 13 e 14 de janeiro e tiveram a presença de atletas de diversos países, tanto no masculino quanto no feminino.

Sabrina Cass brilha na neve e conquista dois Top 30 na Copa do Mundo

No dia 13 de janeiro, o primeiro dia de provas de Moguls da competição, Sabrina Cass fez uma ótima performance e conquistou um bom resultado.

Em sua descida, Sabrina conquistou a pontuação de 59.68 pontos e finalizou na 27ª colocação, um resultado expressivo por ser Top 30 em Copa do Mundo.

Mas a brasileira ainda se superaria. No segundo dia de provas de Moguls, dia 14 de janeiro, Sabrina novamente participou da competição e alcançou um excelente resultado.

A atleta brasileira conquistou, após sua descida, um dos seus melhores resultados na temporada. Com nota final de 63.59 pontos, Sabrina finalizou na 21ª colocação, a menos de 4 pontos da classificação para a Final (as 16 melhores colocadas avançam para a fina) para Copa do Mundo de Moguls.

“Nós sabíamos que esses seriam as duas últimas provas classificatórios para os Jogos de Beijing 2022, então tentamos transforma essa pressão em oportunidade de alcançar um Olimpíada. Nós trabalhamos pequenos objetivos de melhora a cada dia, para que ela pudesse fazer suas melhores descidas no momento mais importante. Sabrina e eu estamos muito contentes com o resultado dentro e fora da pista, e muito agradecidas de todo apoio e torcida do Brasil”, comenta Nessa Dziemian, treinadora da atleta Sabrina Cass.

Os resultados são expressivos e importantes para a brasileira e o país, uma vez que Sabrina possui chances de se classificar para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, que serão realizados em Beijing (China).

“É ótimo ver a Sabrina crescer de desempenho ao longo da temporada e alcançar sua melhor performance na última etapa classificatória para Beijing. O caminho foi muito difícil para ela, a Covid tirou ela de uma das etapas mais importantes no Canadá, mas ela está provando que consegue se superar na busca de seus objetivos”, comenta Pedro Cavazzoni, CEO & Superintendente Técnico da CBDN.

O ranking final das vagas será divulgado pela FIS – Federação Internacional de Ski na segunda-feira, dia 17 de janeiro.

Conheça mais sobre a Sabrina Cass, jovem atleta de Moguls que foi Campeã Mundial Júnior em 2019